28.2.05

Envelhecer em carvalho

Aos 27 anos os vinhos, a gastronomia em geral e as contingências adiposas em particular, insinuam-se. Mudamo-nos das tascas para os bons restaurantes com a naturalidade de quem já não beija desconhecidos porque o beijo passou a ser um preliminar, logo, sujeito a negociação. As redescobertas adiam-se e, aos poucos, vamos reconhecendo que a idade nos pôs finalmente ao alcance do que, mais cedo ou mais tarde, nos vai matar.

3 Comentários:

At 7:55 da tarde, Blogger AF disse...

Só hoje aqui chegei; parabéns.

 
At 12:23 da manhã, Blogger FDV disse...

aos vinte e sete, subscrevo, mas confesso que ainda gosto das tascas e [não nas tascas] vou beijando algumas desconhecidas que conheço.

os melhores cumprimentos.

 
At 10:30 da tarde, Anonymous Mentiroso disse...

Está errado, é o pensamento dum incivilizado e inexperiente.

 

Enviar um comentário

<< Home